Total de visualizações de página

Seguidores

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Irauçuba: há oito dias não chega água nas torneiras das residências.

                                                          

Amanhã completa 9 dias que não tem água nas torneiras da casas na sede da cidade. Uma situação de verdadeiro caos e desrespeito para com os moradores desta cidade. Que já não tem a quem apelar. Quem pode está comprando água dos muitos caminhões que vendem o produto pelas ruas. Produto caro e procedência duvidosa( sem tratamento).

A Cagece empresa " responsável" pelo abastecimento em um total desrespeito não presta satisfação aos clientes, tampouco explica o que está a ocorrer. Segundo informações colhidas extra oficialmente é que o problema seria uma motor- bomba localizado no acude Jerimum que teria " quebrado " e a empresa não tem outro para substituir o que quebrou.

A situação é vexatória e requer providências das autoridades pois uma população de quase 14 mil pessoas não pode sofrer tanto, com a falta de água para as necessidades mais elementares do ser humano. Sabe-se que o açude Jerimum que abastece a sede encontra-se praticamente sem água. E até agora não é tomada providências emergenciais.

Foi anunciada a construção de uma adutora para Irauçuba  vindo do açude Missí, localizado no vizinho município de Miraíma. Mas até a presente data não se vê nenhuma ação para o início desta importante obra. Sabe-se que se  a obra começasse hoje, a construção da mesma demoraria meses para a conclusão.

O estado e o governo federal são omissos no socorro a população do semiárido nordestino que padece na seca que assola nossa região. E hora de acabar com a retórica e agir. A população não pode pagar pelo descaso de gestores sem compromisso. O estado gasta milhões de reais com obras faraônicas na capital. Enquanto no interior as pessoas padecem com um problema tão  grave como a falta d"água.

Agora a pouco o governo estadual gastou  mais de 500 milhões de reais na construção de um Centro de Eventos na capital. E já se fala na construção de outro centro de convenções na praia mansa, no Mucuripe. No Acquário serão gastos outras centenas de milhões de reais. Já para a construção da adutora do açude Missí para Irauçuba é preciso está de pires pedindo esmola ao governo Federal.

SENSIBILIDADE, SERIEDADE SENHORES POLÍTICOS!!!!!!!