Total de visualizações de página

Seguidores

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Irauçuba: moradores do bairro de Fátima e adjacências reclamam do fedor insuportável causado por fábrica de calçados.

Moradores já não suportam mais o fedor causado pela queima de borracha e solicitam providências das autoridades.

Uma  fábrica de calçados instalada na avenida Jorge Domingues, vizinho a agência do INSS está causando transtorno aos moradores que residem próximo ao local. O motivo é a fumaça proveniente da queima de borracha que sai pela chaminé da unidade industrial.

Moradores reclamam que o odor é insuportável, e que crianças e idosos já estão sentindo problemas respiratórios devido à poluição. E que já foi feito um abaixo-assinado para que os proprietários da empresa tomassem providências em relação a este caso. Mas que o problema persiste sem solução.

Irauçuba por ser uma cidade que tem muitos dos seus moradores em situação de desemprego necessita de empreendimentos que gerem emprego e  renda à população, mais precisamos  ponderar se o desenvolvimento pode ser a qualquer custo. No caso esta fábrica localiza-se numa área residencial.

A avenida Jorge Domingues localiza-se bem no centro da cidade e nela observamos que algumas pessoas estão descumprindo descaradamente às leis. Há mais de um ano estamos fazendo denuncias referente a um lixão  localizado também nesta artéria.

Moradores falam que após o funcionamento do  Lixão, devido ao acúmulo de sucata, garrafas pet, e papelão. Ninguém aguenta a quantidade de ratos, baratas e até mesmo o mosquito da dengue. Na época procuramos até o membro do Ministério Público para denunciar este caso de saúde pública, mas até o momento o lixão continua a funcionar.

Faz-se necessário que os poderes constituídos tomem providências  urgentes, em relação a estes fatos lamentáveis que prejudicam a população.