Total de visualizações de página

Seguidores

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Sobral: Homenagens à família Ferreira Gomes são retiradas no berço do clã.

                                                        

Berço político dos irmãos Cid e Ciro Gomes, Sobral (CE) está retirando de logradouros públicos, por ordem da Justiça, os nomes de pessoas vivas da família mais famosa da cidade.
No último dia 26, um juiz local atendeu a uma ação da Promotoria e considerou irregular, por desrespeito ao princípio constitucional da impessoalidade, a prática de batizar prédios e equipamentos públicos da cidade com nomes de pessoas vivas. 
Localizada a 232 km de Fortaleza, Sobral é a cidade natal do governador Cid e onde sua família fez carreira política. Cid, o irmão Ivo Gomes e o pai deles, já falecido, foram prefeitos.
Uma das homenagens à família foi a construção da vila olímpica Ministro Ciro Gomes. Segundo a Promotoria, o nome já foi retirado da fachada do prédio, mas ainda não há nova denominação.
Além desse caso, segundo o Ministério Público, a mãe dos irmãos Gomes, Maria José Santos Ferreira Gomes, dá nome a uma rua e a uma escola no município.
O nome do patriarca dos Gomes também batiza logradouros em Sobral --mas a prática não é considerada ilegal porque se trata de homenagem póstuma.
É o caso do Hospital Regional Norte Dr. José Euclides Ferreira Gomes Júnior, inaugurado em janeiro com show de Ivete Sangalo, cujo cachê de R$ 650 mil motivou discussão no Estado.
A prefeitura informou que não foi notificada sobre a decisão da Justiça. Afirmou, contudo, que já cumpriu "boa parte" da determinação desde o final de 2012, quando uma liminar --posteriormente derrubada-- havia determinado a retirada. O atual prefeito, Veveu Arruda (PT), é aliado da família Gomes.
Essa prática vetada pela Justiça em Sobral é comum em outros Estados no Nordeste. No Maranhão, por exemplo, a capital São Luís tem escola estadual com o nome da governadora Roseana Sarney (PMDB) e avenida com o nome de seu pai, José Sarney (PMDB). A cidade de Campestre, em Alagoas, tem o centro de ensino fundamental Ministro Renan Calheiros. 
 
Fonte: Folha de SP