Total de visualizações de página

Seguidores

domingo, 20 de setembro de 2009

Boris, instala ótica em Irauçuba.

Nos últimos 4 anos, vimos finalmente o desejado desenvolvimento chegando ,com a inauguração das Óticas Boris ; Irauçuba vê um novo ciclo de progresso, se junta a esta. Um total de 6 lojas de moveis, farmácias e outros estabelecimentos comerciais.
Segundo dados do CAGED, cadastro de empregos com carteira assinada do Ministério do Trabalho, do ano de 2004 a 2008 foram criados 284 empregos formais na cidade. Dos 184 municípios do Ceará o nosso, ficou entre os 28, que mais criou empregos no estado. ( ver relação no site do Ministério) . Deste total não se encontra os empregos criados, através do setor público que se fossem incluídos passaria de 400.
Isto é a prova inequívoca de que quando pessoas com boa vontade e determinação, se juntam em torno de um objetivo comum, que neste caso é o desenvolvimento desta cidade, a realidade pode ser transformada.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Basta de preconceito!

Em sua coluna de hoje 18/09/2006, no jornalão, Folha de SP, Mônica Bérgamo destila todo o veneno preconceituoso dela.
O seu comentário diz respeito a nomeação feita pelo presidente Lula a nomeação de Tofoli, ao Supremo Tribunal Federal a jornalista afirma que a 20 anos atrás, o indicado era um vendedor de pizzas e ganhava o equivalente a R$200,00 por mês.
Para o bom entendedor poucas palavras basta. Como é que Lula indicou para o Supremo um ex-vendedor de pizzas! Mesmo este tendo se formado numa das melhores faculdades do País. A faculdade de direito do Largo do São Francisco em SP, da USP.
È muito preconceito, existe pessoas ainda nesta nação que só quer ver pobre, lambendo chão, ou marginalizados nas favelas.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Aquário de 300 milhões de reais, não!!

Vendo matérias a respeito do projeto deste aquário que o governador Cid Gomes, planeja construir em Fortaleza. Pergunto-me onde anda a cabeça deste políticos do Ceará.
Um estado que tem inúmeras carências sociais como o nosso, gastar uma fabulosa quantia de recursos públicos como esta. Representa uma afronta a todos os cearenses. Uma obra faraónica de quem está com à cabeça nas nuvens.
Como sugestão gostaria de convidar o Excelentíssimo governador, a conhecer a estrada que liga Irauçuba ao distrito do Missí. Esta comunidade de 5000 habitantes, no período do rigoroso inverno de 2009, passou 4 meses Ilhada, o acesso até este populoso distrito, só a pé ou de helicóptero. Bastaria gastar 2 milhões de reais, nesta estrada, e cinco mil cearenses que pagam seus impostos em dia ficariam satisfeitos. Sobraria 298 milhões, para a obra-prima do governador, que irá beneficiar um punhado de turistas, que na sua maioria vem a este estado somente para o turismo sexual.

sábado, 5 de setembro de 2009

Fim do ciclo do algodão no Ceará, a natureza agradece!

Quem conhece o sertão deste estado. Lembra-se que há 20 anos atrás a cultura do algodão dominava esta região do Semi-árido, época de riquezas para poucos que eram proprietários das fábricas de descaroçamento do algodão e um pouco de renda para o pobre agricultor que trabalhava muito em suas lavouras, desmatando e queimando, novas área da caatinga e destruindo o meio ambiente.
Mas a praga do bicudo, inseto que provocou a destruição da cultura do algodão. Foi a dádiva que a natureza queria para a recuperação, das árvores deste importante bioma brasileiro.
Hoje em Irauçuba, que foi grande produtora de algodão estamos vendo in-loco a recuperação da áreas degradadas pela ação do homem. Nas serras que rodeiam a cidade a vegetação está ficando densa, e alguns animais da fauna que estava em processo de extinção na região como; onças, preás, começa a volta para o seu habitat.
A natureza agradece.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Gerimum cheio, Irauçuba sem água. De quem é culpa!

Após um rigoroso inverno, o maior das últimas décadas, a população de Irauçuba padece com a falta de água.
A Gagece, empresa responsável pelo abastecimento da cidade não toma nenhuma providência, para normalizar o abastecimento. O que se alega para a falta, é a queda de energia na área do açude gerimum causada por um rato. Parece mentira, mas a alegação dos responsavéis pelo abastecimento da cidade dizem que um guabirú só vive subindo no poste e cortando a ligação de energia, parando a bomba de abastecimento. Parece piada mas não é. Outra desculpa é o furto de água, feito pelas pelos moradores e fazendeiros ao longo da adutora.
Na realidade a falta de água é por por pura incompetência, desta empresa que coloca em seus quadros, políticos que não conhecem o gerencionamento do sistema, no lugar de técnicos.
A Coelce quando empresa de economia mista, tinha estes problemas, hoje sanados após a sua venda para uma empresa privada. Hoje a Coelce é exemplo de atendimento aqui no estado.