Total de visualizações de página

Seguidores

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Chacina do Pau Darquinho, Sobral: encontrado mais 2 corpos das mulheres sequestradas, elevando para 6 o número de vítimas.



As outras duas mulheres sendo mãe e filha que foram levadas por criminosos de uma casa o na noite de ontem, onde quatro pessoas foram executadas com tiros de pistola na localidade de Pau Darquinho, Aprazível. Foram encontradas nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira na  rodovia que da acesso ás Cidades de Alcantaras e Coreaú com os corpos crivados de balas.
 
As vitimas identificadas como Maria de Jesus Farias da Silva e sua filha Patrícia Farias da Silva, foram amarradas com fios de carregador de celular, com as mãos para trás e executadas com tiros nas costas e na cabeça da mesma forma como as outras vitimas foram mortas na casa e em seguida, os assassinos jogaram os corpos às margens da estrada. Foi constatado no local onde foi encontrado os corpos, que a arma utilizada no crime, pode ter sido uma pistola e um revólver calibre 38, já que no local,  tinha vários projeteis deste calibre.
Informações extraoficiais são de que as duas mulheres teriam sido levadas pelos bandidos  e que provavelmente assistiram as execuções das quatro primeiras vítimas inclusive, Patrícia pode ter assistido a execução da  filha de 15 anos, depois já sabendo que ia morrer foi levada com sua mãe para outro local, há indícios de que ela antes de morrer teria sido torturada pelos criminosos e depois executada com pelo ou menos cinco tiros na cabeça.
Com o achado, aumenta para seis o numero vítimas, na chacina de Pau Darquinho, Aprazível. As 4 vitimas encontradas na casa foram identificadas como sendo:  Aureliano da Silva Ribeiro, 22 anos; Benedito Gomes da Silva, 41 anos; uma garota de 15 anos por nome Emily e um quarto homem cuja identidade ignorada, permanecem no IML. Somente da mesma família foram executadas quatro pessoas, avó, filha, neta e esposo.
A Polícia ainda não conseguiu levantar nenhuma pista sobre os autores da chacina, a Polícia Civil de Sobral através do Delegado Junior Vieira já abriu inquérito policial para apurar os crimes.

Fonte: Blog Sinhá Sabóia.