Total de visualizações de página

Seguidores

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Quixadá: motoqueiros executam jovem com 3 tiros na cabeça numa praça.


 Na noite dessa segunda-feira, 05, mais uma família chora a dor da violência e da falta de segurança pública.  O estudante Michael Sankey Ferreira de Sousa, 20 anos, estava na Praça da Estação, quando foi abordado dois homens em motocicleta, ao perceber a presença dos elementos ainda tentou correr, mesmo assim, pelo menos três tiros acertaram a cabeça do jovem, que morreu segundos depois. O jovem morava no bairro Jardim dos Monólitos e o motivo do crime ainda é desconhecido pelas autoridades públicas.


Logo após o crime, um multidão se aglomerou a margem da praça para buscar informação sobre os fatos. Nas redes sociais, usuários manifestaram preocupação com a violência em Quixadá. Familiares do estudante chegaram minutos depois, a mãe não aguentou ver o seu filho morto, teve que ser amparada pela equipe da Força Tática de Apoio-FTA ao Hospital Dr. Eudásio Barroso, enquanto um homem, possivelmente o pai, ainda verificou se a vítima estava morta, com as mãos na cabeça, sentou-se no banco da Praça e nada disse, os seus olhos fixavam e demonstravam a sua impotência em não puder fazer mais nada, apenas aguardar o rabecão do Instituo Médico Legal de Quixeramobim e da Perícia Forense para saber a quantidade de balaços que atingiram o jovem. A irmã da vítima entrou em desespero, um amigo tentou acalmá-la. Já os curiosos apenas criticavam a onda de violência.


Casos, assim estão acontecendo a cada dia na cidade de Quixadá, enquanto medidas com objetivo de inibir são inexistentes, deixando uma população com medo, detidas em seus lares, a espera de uma ação do 9° Batalhão da Polícia Militar.

Fonte: Revista Central.