Total de visualizações de página

Seguidores

quinta-feira, 11 de julho de 2013

ALô ANATEL vamos fiscalizar as empresas de telecomunicações!

 

No Brasil as empresas de telecomunicação ganham dinheiro dos consumidores como se diz no linguajar popular à rodo. Quem se dá o trabalho de verificar o balanço dos lucros auferidos por estas empresas espanta-se. Ganha-se dinheiro fácil em compensação os serviços prestados pelas companhias são de péssimas qualidades. Chovem reclamações nos órgãos de defesa do consumidor.

Aqui na região de Irauçuba  contamos com duas operadoras de telefonia celular: TIM e Claro, grande parte são clientes da primeira operadora. Mas o serviço oferecido por esta, é um verdadeiro caos. Dias se consegue fazer uma chamada, noutros não. Hoje (11) por exemplo, é um dia daqueles que os telefones amanheceram "mudos". O pior de tudo é que a empresa não dá satisfação nenhuma. É um verdadeiro desrespeito e o pior é que pagamos uma das mais altas tarifas de celular do mundo.

Em relação as operadoras de telefone fixo também os absurdos são imensos em relação as contas. Falo da minha conta que em determinados meses foram cobrados serviços que não solicitei. Quando ligamos para a OI eles nos falam que foi um erro. Só não compreendo é que erros aconteçam sucessivamente.

Em virtude dos aumentos abusivos de tarifa que não solicitei, entrei com uma reclamação na ANATEL. Só que após três meses não recebi resposta. Afinal a finalidade da ANATEL é fiscalizar as concessionárias de telefone ou apenas uma entidade de fachada, sem utilidade? Esperamos respostas e soluções para este verdadeiro absurdo que ocorre no setor de telecomunicações no Brasil.