Total de visualizações de página

Seguidores

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Sorria, você está sendo monitorado: governo dos EUA acessa seus dados no Facebook, Google e grampeia telefones.


O jornal britânico The Guardian publicou nesta quinta-feira que a agência de segurança nacional dos Estados Unidos teve acesso aos dados de sites como Facebook, Google, Yahoo e outras empresas de tecnologia. Segundo a publicação, o acesso às informações fazem parte de um programa batizado de PRISM, no qual os oficiais do governo americano coletam dados como histórico de navegação, conteúdo de e-mail, transferência de arquivos, histórico de chats e outros documentos virtuais dos usuários desses sites.
As informações foram obtidas pelo Guardian por meio de um documento secreto do governo dos Estados Unidos, uma apresentação de 41 páginas. Segundo o jornal, todas as empresas que foram citadas no plano e que foram alertadas pelo Guardian disseram desconhecer tal procedimento.

O jornal diz que o acesso aos dados dos usuários foi possível devido a alterações na lei de vigilância americana, introduzida pelo ex-presidente George W. Bush e ratificada pelo presidente Barack Obama em dezembro do ano passado.

O Guardian afirmou que a primeira empresa a ter os dados revistados foi a Microsoft, em 2007. Em 2008, o Yahoo passou a ser investigado; em 2009 foi a vez de Google, Facebook e PalTalk; no ano seguinte o YouTube; e em 2011 o Skype e a AOL. Por fim, em 2012, a Apple entrou no programa de vigilância do governo americano, que, de acordo com o Guardian, continua em expansão.

Telefonia
O Guardian já havia revelado ontem que a mesma agência de segurança americana, amparada em uma ordem judicial secreta, recolhe diariamente registros de ligações telefônicas de milhões de clientes da operadora telefônica Verizon.

Fonte: TERRA