Total de visualizações de página

Seguidores

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Icó: perigoso assaltante de banco é morto com um tiro no peito em confronto com policiais do COTAR.

José Roberto Duarte foi morto com m tiro no peito. (Foto: Richard Lopes)
                                    Armas e drogas apreendidas em poder do assaltante.

                                                    
Uma operação realizada ontem as 21h30min, no Sitio Nova Vida, na região da Santana em pleno sertão icoense culminou com a morte do assaltante de bancos Jose Roberto Duarte da Silva, conhecido como Zé Roberto, de 37 anos, natural de Icó, cuja família reside no conjunto pedrinhas.

A operação foi realizada por policiais do Comando Tático Rural – COTAR tendo  a frente o Capitão Mesquita. Os policiais em posse de informações se deslocaram a um bar conhecido por Bar do Tiago e se depararam com Zé Roberto. Ao avistar a policia ele tentou correr, mas já estava cercado e esboçou reação sendo morto com um tiro no peito.

Em poder dele a policia encontrou uma pistola de 9 milímetro com um carregador com 28 munições, cerca de 800 reais no bolso e 3 papelotes de cocaína. Uma moto Honda de placa OSS - 9789, licença de Ico, cor vermelha que estava com o assaltante foi apreendida.
 A vítima foi um dos homens que no dia 27 de Fevereiro do ano passado, juntamente com sua quadrilha, sitiou a cidade de Catarina, invadiu a delegacia de policia e em seguida atacaram o Banco do Brasil levando todo dinheiro e fazendo o gerente e um médico de refém.

Na época cerca de três assaltantes foram presos e o restante acabou morrendo em confronto com a polícia. O delegado plantonista Adriano Felix juntamente com os inspetores Junior Pernambucano, Nogueira e Ésio estiveram no Sitio Nova Vida realizando os primeiros levantamentos de praxe e arrolando testemunhas.

No momento da Operação, a policia também prendeu Adalberto Carlos Lourenço de 28 anos que se encontrava de posse de um revólver calibre 38 municiado. De acordo com o Capitao Cavalcante do GATE, Zé já vinha sendo monitorado há dias. Ele era acusado da prática de lesão corporal grave; homicídios; assaltos a bancos e correios

Fonte: Site Miséria.