Total de visualizações de página

Seguidores

sábado, 12 de janeiro de 2013

Na ilha da fantasia( Ceará) os homicídios aumentaram 47% em 2012.

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) dviulgou os dados dos homicídios praticados no estado no ano de 2012  Na guerra fratricida que  morreram 3565 pessoas. somente na capital 1628 tombaram assassinados.

Não precisa ser um especialista em segurança pública para esmiuçar que na grande maioria destes mortos, são de pessoas envolvidas com o tráfico e consumo de drogas e que muitos são de jovens de menos de 20 anos. Os números são alarmantes e necessita de resposta do estado para esta situação. Pergunta-se o que esta sendo feito? O programa Ronda do Quarteirão ao qual foram investidos centenas de milhões de reais ao que parece serve apenas para fazer propaganda para o estado.

No interior do estado os habitantes sentem-se abandonados pela segurança pública. Nas pequenas cidades o contingente policial é mínimo, geralmente 3 ou 4  da Policia Militar. As viaturas policiais sucateadas. Policia Judiciária para investigação dos crimes, não existe. Grande parte dos assassinatos são de autoria desconhecida. A impunidade gera a violência.

O estado  mostra sua  eficiência quando é para arrecadar, sim a "máquina" funciona! Nesta cidade o  DETRAN faz-se presente quase que diariamente. Persegue e multa os pobres dos " matutos" que passam anos pagando uma prestação de uma "Motinha" e de repente por causa de um pequeno atraso no IPVA tem seu bem apreendido.

E agora senhores governantes  o que será feito para diminuir este banho de sangue que esta a acontecer? Comprar mais HILUX para mostrar ao  Brasil que o Ceará é "rico" ou praticar uma verdadeira política de segurança.