Total de visualizações de página

Seguidores

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

AL: Três integrantes de Banda de forró morrem em uma colisão, duas eram dançarinas.

                                               Ford Focus ficou totalmente destruído


                                                       Corpo das dançarinas




O feriadão nas estradas de Alagoas começou com o grave acidente que deixou três mortos e três hospitalizados. A alegria de cantar e dançar de quatro moças que fazem parte dos grupos musicais Forrozão das Antigas, Paixão Proibida e Capa de Sela emudeceu. Duas delas morreram e duas ficaram gravemente feridas. Um amigo que dirigia o carro sobreviveu e outro que ia no banco de trás também morreu.

A lataria do Ford Focus preto que vinha em alta velocidade já dava sinal da violência do impacto. Ficou totalmente retorcida. Uma câmera da empresa de aluguel de máquinas agrícolas que teve o muro destruído gravou o horário exato da colisão: 5h18 da manhã de ontem. O grupo voltava de um show da banda Forrozão das Antigas, em Rio Largo, em pleno alvorecer.

Após a festa, o cenário dentro do carro era de vidros quebrados e manchas de sangue, misturados com um salto alto verde, um gloss e um encarte de DVD. Como não havia marcas de freio no asfalto, subentende-se que o condutor tenha dormido no volante, provocando o choque a toda velocidade. O servente de pedreiro, José Oliveira Pitombo, mora perto do local, assustou-se com barulho do acidente, correu para ver o que tinha acontecido e foi um dos primeiros a chegar.

“O motorista saiu do carro andando, quando cheguei ele estava meio desorientado, com um corte do braço, sem camisa, procurando o celular para pedir socorro. Acho que ele não sabia das mortes, fui eu quem disse, tinha outro rapaz em óbito, no banco da frente, e duas moças mortas, atrás”, descreve José Oliveira. Ironicamente, a poucos metros do acidente, há uma placa de “Reduza Velocidade” que foi pichada com a inscrição “140 quilômetros”.

Fonte: Gazeta de Alagoas.