Total de visualizações de página

Seguidores

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Marido e mulher são eleitos prefeitos em cidades da região Centro-Sul do Ceará e moram na Paraíba.

                                                 Puíca, Neide e a filha deles

Um caso de amor, em que a política é um forte componente. Em Ipaumirim e Umari, na região Centro-Sul do Ceará, os prefeitos eleitos - Wilson Alves de Freitas (Puíca) e Mirineide Pinheiro Moura (Neide) - são casados e vão passar boa parte do tempo em cidades diferentes quando assumirem os cargos.  Ipaumirim e Umari são separadas pelo município de Baixio.

Os dois moram em Cajazeiras, uma cidade da Paraíba, que faz divisa com o Ceará. No município paraibano, eles vivem com as duas filhas adolescentes são empresários e proprietários da Funerária São Sebastião. 

Wilson Alves de Freitas, mais conhecido como Puíca, diz que o "caso de amor" é antigo: foram 12 anos de namoro e 17 de casamento. Ele, de uma família de tradição política, conheceu Neide quando ela ainda era agente de saúde, em Umari. Namoraram, casaram, tiveram filhos e perceberem que estava na hora de novos desafios.

Primeiro, Neide foi candidata a prefeita de Umari em 2008, mas não conseguiu ser eleita. Nova tentativa em 2012 e, desta vez, com a candidatura do marido em Ipaumirim, resultando na vitória dos dois. E um detalhe: por partidos políticos diferentes. Puíca, pelo PR, e Neide, pelo PSB.

O município de Ipaumirim está separado de Cajazeiras, na Paraíba, por 32 quilômetros. Já Umari fica um pouquinho mais longe: 50 quilômetros. Puíca encara a situação com bom humor e diz que a distância não vai ser empecilho para um casal que já passou por tanta coisa junto. Mas, segundo ele, é preciso que haja uma negociação envolvendo a mulher e as duas filhas, para que nenhum deles seja privado da companhia do outro por muito tempo.

Em tom de brincadeira, ainda lamenta que a filha mais velha, de 15 anos, não tenha idade suficiente para disputar a prefeitura de Baixio, o município que separa Ipaumirim de Umari. "Seria perfeito", diz.

Em Ipaumirim, Puíca teve 4.069 votos, que o que representou 54.38% dos votos válidos. Já Neide, teve desempenhos semelhante: conquistou 53,76% dos válidos, com um total de 2.738 votos.


Fonte: G1 Ceará