Total de visualizações de página

Seguidores

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Socorro!!!! Vamos acabar com o monopólio da Guanabara.

Desrespeito teu nome é Guanabara!!!!!!



Hoje fui à agência da empresa Guanabara aqui em Irauçuba, no intuito de comprar uma passagem de ônibus com destino à Fortaleza. De lá iria até Recife passar uns dias. Afinal ninguém é de ferro. Confesso fui burro, Indaguei da moça que me atendeu se tinha passagem com destino Fortaleza - Recife no sábado. Prontamente ela respondeu que tinha. Esqueci-me de um pequeno detalhe que para chegar até Recife teria que comprar passagem  de  Irauçuba - Fortaleza. A moça depois da venda da passagem perguntou-me: o sr. vai de ônibus para Fortaleza? Passagem pra lá só tem agora terça- feira dia 03/01/2011. Agora vou ter que apelar para as arriscadas lotações. Na grande maioria lotadas,  com carros velhos e sem manutenção.

Nesta hora a revolta contra os gênios que criou  este monopólio da empresa Guanabara no estado do Ceará  é grande. Pergunto aos governantes deste estado por que eles não pensam no cidadão quando realizam projetos que mexem com milhões de pessoas. A Administração Pública em sua essência é para todos. Ninguém governa com intuito de beneficiar apenas um grupo de privilegiados, mas sim a grande maioria da população.Antes de realizarem este diabólico plano de quebrar as pequenas empresas de transporte de passageiros  e entregarem-no à única empresa era pra se pensar nos mais pobres. Hoje estampos pagando passagens mais caras nas lotações irregulares e sem horários determinados. Arriscando à vida da gente e de nossa família. Antes da Guanabara ninguém aqui em Irauçuba passava mais do que 20 minutos para viajar à Fortaleza. Tínhamos as empresas Serrano, Brasileiro, Ipú - Brasilia, Horizonte, Rápido Crateús, ônibus para viajar não faltava. Já hoje é esta agonia. Quem quiser viajar em linha regular de ônibus tem que  comprar passagem com 3 a 4 dias de antecedência.

Falta no estado, governantes comprometidos com os mais carentes. Gasta-se 500 milhões de reais num centro de Convenções, 300 milhões num aquário, outros tantos em aeroporto. Enquanto isso rodovias em que a grande maioria do povo viaja estão esburacadas, acabadas. Dirigentes deste estado! Já passa da hora de trabalhar em prol da grande maioria do povo. Chega de beneficiar grandes empresas!



Itaú tem a anuidade de cartão mais cara do mercado.

Ter um cartão de crédito facilita a vida. É o dinheiro de plástico, que nunca some da carteira e pode ser usado em quase qualquer lugar. Mas vale a pena checar a anuidade antes de escolher o banco que vai oferecer o produto. A diferença de cobrança anual no cartão mais básico do mercado, por exemplo, pode variar quase 300%. Já a distância entre o menor preço e o maior, e que abrange cartões com benefícios diferentes, pode chegar a vertiginosos 2.700%.

Confira as tarifas do cartão básico

A menor taxa do mercado é do Mercantil do Brasil, que oferece o Visa Standard Nacional Básico por R$ 24. A maior é do Itaú, que oferta os cartões Visa Infinite e Mastercard Black por R$ 690. Essa é a diferença de quem cobra algum tipo de tarifa. Mas há instituições, por exemplo, que não têm anuidade. O levantamento foi feito com base na em site da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), que reúne os valores cobrados pelos principais bancos e empresas emissoras de cartões de crédito no Brasil. Por meio desse novo canal (www.tarifasdocartao.org.br), o consumidor pode consultar e comparar as tarifas de forma rápida e transparente.
De graça
Três instituições não possuem taxa de anuidade. Luizacred, financeira do Magazine Luiza e do Itaú, e Hipercard, também do grupo Itaú, não cobram anuidade em seu cartão Mastercard Standard Internacional. O Banco BMG, por sua vez, isenta de tarifas o cliente do Mastercard básico Classic Nacional. (veja detalhes dos cartões abaixo).


Cartão de crédito: várias opções, com vários preços
Os básicos
No cartão mais básico possível, e que é uma exigência do Banco Central (BC), as anuidades vão de R$ 24, no Mercantil do Brasil, a R$ 90, na Portoseg (veja gráfico acima para comparar as tarifas intermediárias). Na regra que disciplinou e diminuiu os tipos de tarifas cobradas pelos cartões, o BC também exigiu que toda instituição tivesse um cartão básico, nacional e/ou internacional.
O Mercantil diz que seu cartão de crédito básico não tem vínculo com premiação, ou seja, tem como único serviço a realização de compras a crédito. Segundo Taíse Cruz, diretora executiva de Produtos do banco, a estratégia é possibilitar ao maior número possível de clientes o acesso ao cartão de crédito do banco. “Com esse objetivo, disponibilizamos a tarifa mais acessível do mercado.”
Marcos Loução, diretor da Portoseg, empresa da Porto Seguro que administra os cartões, ao ouvir as diferenças de preços entre o plástico da empresa e o de outros bancos, disse que provavelmente irá rever sua tarifa. Ele explica que a Porto não tem tradição, nem expertise, na oferta de cartão básico nacional. “Criamos esse cartão por uma exigência do banco central, há quatro meses, e não temos experiência em sua anuidade.”
Loução conta que todos os cartões da Porto são internacionais e que os custos operacionais do novo plástico foram calculados com base nessa outra linha. Ele comentou, entretanto, que no primeiro ano do cliente a Portoseg nunca cobra a anuidade. Como o cartão tem apenas quatro meses, a cobrança ainda não começou. “Nosso público prefere os cartões internacionais, que oferecem benefícios, como desconto em seguros, trocas de pontos e milhas”, diz.
Os luxuosos
Na outra ponta do mercado, as anuidades dos cartões premium vão às alturas. Os mais caros são o Visa Infinite e o Mastercard Black. Poucas instituições oferecem. No caso do Visa são apenas três: Bradesco, Itaú e Caixa Econômica Federal. O Itaú cobra anuidade de R$ 690, o Bradesco de R$ 680 e a CEF, de R$ 495. Consultado sobre a taxa, o Itaú não retornou o pedido de entrevista.

Na Caixa, o superintendente nacional de Negócios com Cartões, Milton Paulo Krüger Júnior, diz que, ao fixar suas tarifas se serviços, dentre elas a da anuidade do cartão Infinite, reitera seu posicionamento de praticar as menores tarifas de mercado. “A excelência no desenvolvimento do produto, aliada à melhoria dos processos, colabora com a redução de custos”, diz.
No cartão Mastercard Black são quatro bancos: Bradesco (R$ 680), Itaú (R$ 690), Santander (R$ 660) e Citibank (R$ 600).

Veja o que cada cartão oferece

Luizacred - A empresa diz, em sua página na internet, que nas compras parceladas, o limite do seu cartão é comprometido apenas com o valor da parcela. Com isso, o cliente pode comprar até três vezes o valor do seu limite. O usuário pode ainda aproveitar ofertas e condições exclusivas no Magazine Luiza. O Cartão Luiza também permite fazer saques em dinheiro em toda a Rede Unibanco 30 HORAS e Banco 24 Horas.

Hipercard - O cartão oferece até 40 dias sem juros para pagar as compras. Segundo a empresa, é o cartão de crédito preferencial do Grupo Walmart Brasil (Hiper Bompreço, Bompreço, BIG, Maxxi, Mercadorama, Nacional, Todo Dia e Sam´s Club), além de ser o único cartão de crédito aceito no Sam´s Club. Com o plástico, o cliente pode ainda pagar contas de luz, água, telefone entre outras, com até 40 dias de prazo.

BMG - No BMG, o cartão é oferecido a aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos. Entre as vantagens estão saques em dinheiro (Rede Cirrus e caixas eletrônicos Bancos 24 horas), telessaques com depósito direto em sua conta corrente e pagamento mínimo descontado na folha de pagamento.

Visa Infinite - O cartão oferece vários seguros, como de acidentes de viagem, locação de veículos, garantia estendida e atraso de voo. Há ainda ofertas exclusivas, com descontos em lojas de luxo como Gloria Coelho, Ricardo Almeida e Dryzun, segundo o site da Visa.

Mastercard Black - Entre os benefícios estão tratamento especial e exclusivo em aeroportos e nos melhores hotéis, restaurantes e lojas do mundo, segundo a Mastercard. O cliente também pode ter um assistente pessoal exclusivo para ajudar em uma viagem de negócios ou até a escolher um presente.


Fonte: IG

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

FEST REDE: tem início hoje o VI festival de artesanato de Irauçuba.

Iniciar-se - a  hoje em Irauçuba o VI Fest Rede. Este evento que começou no 2º ano da primeira gestão do prefeito Nonatinho  e que a cada ano vai ficando maior, tem como missão divulgar as potencialidades do artesanato da cidade e região. Os habitantes da Terra Amizade há tempos descobriram no artesanato uma forma de aumentar a renda familiar. 

Com o Fest Rede se ampliou a  divulgação do artesanato. Pessoas de diversos estados e cidades do Ceará deslocam-se até aqui, para as animadas festas que acontecem no Parque de exposições e comprar produtos confeccionados por artesãos da cidade e municípios  circunvizinhos. Artesanato de palha de carnaúba, redes, couro, renda, bordados são vendidos na Feira. Além da venda de artesanato durante os dois  dias do evento haverá  apresentação de Bandas de Forró como: forró Real, Cobra Criada, Forró na Pele, Banda Novo balanço e o Sanfoneiro Waldonis.

No Parque de Exposições também ficará exposta a maior rede bordada do mundo, toda confeccionada por artesãos de Irauçuba. Você é convidado a comparecer a prestigiar o Fest Rede  a maior feira de Artesanato da região Norte do Ceará.


terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Em 18 meses de Criação instituto de Previdência dos Servidores de Irauçuba acumula 2,4 milhões de reais em caixa.

]

Criado em  10 de fevereiro de 2010 em meio a muita polêmica por parte de setores do funcionalismo municipal que discordavam da sua implantação. O IRAUPREV (Instituto dos Servidores de Irauçuba) já acumula em menos de  18 meses de arrecadação  a quantia de 2,4 milhões de reais.

O valor arrecadado até a presente data é a garantia da viabilidade da previdência municipal. É sabido que a Constituição Federal de 1988, expressa que os servidores efetivos da União, Estados e Municípios terão de  criar Regime de Previdências Próprios para o quadro de  servidores, visto que cabe ao Regime Geral cuidar da previdência dos demais trabalhadores, em particular os da iniciativa privada. Segundo Leonardo Rolim, Secretário de Políticas da Previdência Social, dos 5564 Municípios Brasileiros, 2000 já possuem Regimes Próprios e o Ministério enfatiza a necessidade dos demais criarem os seus regimes, por uma série de benefícios, tanto para o estado quanto para o servidor. Em muitos casos houve má fé  gestores que se apropriaram do dinheiro arrecadado dos servidores para beneficio próprio ou para gastar em obras inúteis, por falta de legislação eficiente e fiscalização. Entretanto, nos últimos anos foi criado um arcabouço Jurídico que tem impossibilitado as fraudes previdenciárias, isso tudo em conjunto com a fiscalização da Receita Federal e do INSS, bem comoa participação da sociedade civil. Em Irauçuba existe um conselho de gestão que sistematicamente acompanha a arrecadação e aplicação dos recursos.

O Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores de Irauçuba Francisco Gilvane Mota nos informa, que "o município de Irauçuba esta cumprindo religiosamente com  os repasses patronais e com o que é descontando dos servidores. Sabemos que em gestões passadas dívidas previdenciárias e de FGTS acumularam - se somente por irresponsabilidade de ex-prefeitos que faziam desconto das contribuições dos servidores e não a repassavam ao INSS. Esta irresponsabilidade praticada por " ex - gestores" tem prejudicado bastante à cidade e aos servidores municipais". disse o presidente da Autarquia.                                                            


Com colaboração de Gilvane Mota.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Brasil fecha 2011 como a sexta maior economia do mundo.

O jornal britânico "The Guardian" informa na edição desta segunda-feira que o Brasil superou o Reino Unido e se tornou a sexta maior economia do mundo. O levantamento publicado pelo jornal foi feito pelo Centro para Pesquisa Econômica e de Negócios (Centre for Economics and Business Research).
Agora, o ranking das maiores economias é liderado pelos EUA, seguido por China, Japão, Alemanha e França. O Reino Unido ocupa o sétimo lugar.
Segundo Douglas McWilliams, presidente do CEBR, “o Brasil tem batido os europeus no futebol por um longo tempo, mas superá-los na economia é um fenômeno novo”. Ainda ao Guardian, McWilliams concluiu: “Nossos rankings mostram que os países asiáticos e os países que produzem commodities estão escalando os pontos mais altos da tabela enquanto, nós, da Europa, estamos ficando para trás”.
Entre as razões para a ascensão do Brasil, segundo o estudo, estão a crise de 2008, que dissolveu o crescimento dos países europeus em um caldeirão de dívidas, e as exportações de produtos primários, como minérios, soja e petróleo, para a China e para o Sudeste Asiático.
Porém, o Brasil não deve ficar neste posto por muito tempo. Ainda segundo o CEBR, a Índia deve pular para o quinto lugar e a Rússia, para o quarto, nos próximos dez anos. 
'Locomotiva'
O Daily Mail, outro jornal que destaca o assunto nesta segunda-feira, diz que a Grã-Bretanha foi "deposta" pelo Brasil de seu lugar de sexta maior economia do mundo, atrás dos Estados Unidos, da China, do Japão, da Alemanha e da França.
Segundo o tabloide britânico, o Brasil, cuja imagem está mais frequentemente associada ao "futebol e às favelas sujas e pobres, está se tornando rapidamente uma das locomotivas da economia global" com seus vastos estoques de recursos naturais e classe média em ascensão.
Um artigo que acompanha a reportagem do Daily Mail, ilustrado com a foto de uma mulher fantasiada sambando no Carnaval, lembra que o Império Britânico esteve por trás da construção de boa parte da infraestrutura da América Latina e que, em vez de ver o declínio em relação ao Brasil como um baque ao prestígio britânico, a mudança deve ser vista como uma oportunidade de restabelecer laços históricos.
"O Brasil não deve ser considerado um competidor por hegemonia global, mas um vasto mercado para ser explorado", conclui o artigo intitulado "Esqueça a União Europeia... aqui é onde o futuro realmente está".
A perda da posição para o Brasil é relativizada pelo Guardian, que menciona uma outra mudança no sobe-e-desce do ranking que pode servir de consolo aos britânicos.
"A única compensação (...) é que a França vai cair em velocidade maior". De acordo com o jornal, Sarkozy ainda se gaba da quinta posição da economia francesa, mas, até 2020, ela deve cair para a nona posição, atrás da tradicional rival Grã-Bretanha.
O enfoque na rivalidade com a França, por exemplo, foi a escolha da reportagem do site This is Money intitulada: "Economia britânica deve superar francesa em cinco anos".

                                           

(com BBC Brasil)
                                         
                            
 

sábado, 24 de dezembro de 2011

Fundador de empresa de próteses de silicone é procurado pela Interpol.

O site da Interpol tem um alerta de busca para o fundador da Poly Implant Prothèse (PIP), empresa no centro de um escândalo de implantes de silicone defeituosos que afeta diversos países, inclusive o Brasil.
Jean-Claude Mas, de 72 anos, aparece na página da agência de polícia internacional como procurado na Costa Rica por acusações relacionadas a "vida e saúde", sem maiores detalhes.  Ele é mostrado em uma foto de polícia de 1º de julho de 2010, com uma placa de identificação.
Os implantes produzidos pela PIP são suspeitos de ter uma taxa de ruptura mais alta que o normal e serem preenchidos por um gel cancerígeno. Pelo menos oito casos de câncer de mama foram detectados em pacientes que usaram os implantes da companhia, mas ainda não há comprovação científica de que o silicone teria causado o tumor.
A empresa, que faliu em 2010, já chegou a ser a terceira marca no mundo em venda de próteses mamárias, fabricando até 100 mil unidades por ano.

Jean-Claude Mas aparece em foto datada de 2010. (Foto: Interpol/Divulgação)Jean-Claude Mas aparece em foto datada de 2010. (Foto: Interpol/Divulgação)

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na tarde desta sexta-feira (23) recomendações a mulheres que utilizem implantes mamários de silicone da marca francesa Poly Implant Prothèse (PIP).
Em nota, a agência sugere que mulheres com implantes PIP procurem seus médicos para realizar exames e serem avaliadas clinicamente. Já profissionais de saúde podem procurar suas pacientes e discutir com elas a melhor conduta a ser adotada.
Serviços de saúde devem comunicar à Anvisa todos os casos que envolvam eventos incomuns ou a retirada do "implante mamário preenchido de gel de alta coesividade" (nome comercial do produto no Brasil). A notificação pode ser feita pela Notivisa, serviço que pode ser encontrado no site da agência.
A autoridade sanitária francesa (Afssaps) recomendou que 30 mil mulheres na França retirem as próteses da marca por conta do alto risco de rupturas e de irritação cutânea. A agência afirma que a extração dos implantes seria uma medida "preventiva, não emergencial".
Prótese mamária de silicone da extinta empresa francesa PIP. (Foto: Sebastien Nogier / AFP Photo)

No Brasil, cerca de 25 mil mulheres receberam o implante na época em que o produto ainda era aprovado para utilização no país - ou seja, até abril de 2010.

Fonte: G1






                                                  

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Trecho de rodovia que mais matou no País coleciona erros no Ceará.

Vergonha!!!!! 

 

Falhas de engenharia, buraco no asfalto, falta de passarelas e de fotossensores fazem dos trechos das BRs-116 e 222 os mais fatais.

 

As condições da malha viária são precárias, a sinalização horizontal é repleta de lacunas, as passarelas para pedestres são raridades e o mesmo vale para os fotossensores. Não faltam falhas que expliquem o fato de os 10 primeiros quilômetros da BR-116 no Ceará ser o trecho que mais matou no Brasil este ano. Essa coleção de erros fez 25 vítimas fatais.
A BR-116 tem início em Fortaleza e liga a capital a municípios do Vale do Jaguaribe, Sertão Central e Cariri. A rodovia atravessa todo o Brasil até o Rio Grande do Sul. Dentro da capital cearense, a estrada também cumpre um papel de via urbana, encurtando as distâncias entre o Centro da cidade e bairros afastados na periferia. Como resultado, há um trânsito intenso de carros de passeio que se somam aos caminhões de carga.
O grande fluxo de veículos, a urbanização no entorno das pistas e a presença de apenas duas passarelas e dois fotossensores nesse trecho fizeram 25 vítimas fatais, deixaram 226 feridos e causaram ainda 401 acidentes sem vítimas em 2011. A imperícia dos motoristas e a falta de consciência dos pedestres são elementos que também devem ser levados em conta nessas estatísticas, conforme lembra o chefe de policiamento e fiscalização da PRF no Ceará, inspetor Ricardo Araújo. “Já atendi casos de atropelamentos sob a passarela e a alta velocidade também faz muitas vítimas”, pondera.
Os problemas da BR-116 se manifestam de forma mais grave em seus 10 primeiros quilômetros, mas se estendem e se multiplicam ao longo dela pelo interior do Estado. A rodovia tem os 54 primeiros quilômetros duplicados de Fortaleza até o município de Pacajus, passando por Itaitinga e Horizonte.
Percorrendo esse trecho, a reportagem do iG identificou a construção de duas passarelas interrompidas. As obras estão paradas porque o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Ceará vive em crise desde que a cúpula do órgão e vários servidores foram presos pela Polícia Federal em agosto de 2010 na operação Mão Dupla, acusados de fraudar licitações e desviar verbas destinadas à execução de obras feitas sob a responsabilidade do órgão.
Em vários trechos desses primeiros 54 quilômetros a sinalização horizontal que separa as faixas não existe, deixando os motoristas confusos. As muretas de proteção que separam as mãos da rodovia também estão destruídas em vários pontos.
As falhas não parar por aí. Na altura do quilômetro 11 no sentido interior-capital, um erro grosseiro de engenharia. Nesse ponto, a pista tem um declive brusco metros antes de uma curva fechada que precede a entrada para o bairro Messejana, em Fortaleza. Como o asfalto é irregular, no momento do declive, com o solavanco, o assoalho do veículo tende a bater na pista. Os amortecedores do carro se contraem totalmente. Com o sopapo no chão, o veículo salta e o motorista perde o controle, passando reto na curva. Prova dos frequentes acidentes são as muretas de proteção no entorno destruídas.
BR-222
A BR-222 começa em Fortaleza e faz a ligação com a região Norte do Estado, além do Piauí, Maranhão, chegando até o Pará. O trecho de dez quilômetros citado no levantamento registrou 22 mortes em 2011. Além disso, 351 pessoas ficaram feridas e aconteceram mais 359 acidentes sem vítimas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal no Ceará, metade das mortes foi decorrente de atropelamentos.
Um dado ajuda a elucidar esse verdadeiro massacre: há apenas uma passarela para pedestres ao longo desses 10 quilômetros que, a propósito, estão no perímetro urbano da região metropolitana de Fortaleza. Porém, há ainda um conjunto de falhas como buracos no asfalto, remendos mal feitos, que deixam a pavimentação irregular, além de acostamentos sem sinalização e pistas estreitas.
Crise no Ministério dos Transportes
O Ceará esteve no centro da crise do Ministério dos Transportes, que culminou com a demissão do ex-ministro Alfredo Nascimento (PR). O estado precário das estradas federais no Estado levou o governador Cid Gomes (PSB) a chamar Nascimento de "inepto, incompetente e desonesto" e o Dnit de "laia" e "antro de roubalheira". A BR-222 chegou a ser palco de um protesto em forma de rally protagonizado por Cid Gomes.
A repercussão das palavras ácidas proferidas pelo governador cearense gerou um “bate-boca” público entre os dois políticos, que só teve fim quando o ex-ministro foi ao Ceará, reconheceu que Cid tinha razão e anunciou um plano de recuperação das rodovias estaduais ao custo de R$ 1 bilhão, prometendo cobrir 1,7 mil quilômetros de estradas – 77% da malha viária pavimentada do Estado. Contudo, na prática, até agora, quem trafega pelas estradas em questão, viu poucas mudanças.
Sem respostas
O iG entrou em contato com a assessoria de impressa do Dnit em Brasília e com a superintendência do órgão federal no Ceará, pela qual responde José Abner de Oliveira Filho. A reportagem aguardou um posicionamento por dois dias, mas não recebeu nenhuma resposta.
 Fonte : IG

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Irauçuba ganha projeto de revitalização de cobertura vegetal



                                                         





Fotos do lançamento do Programa  em Irauçuba.


A Superintendência Estadual de Meio Ambiente do Ceará (Semace), por meio de sua Diretoria Florestal, lançou o Projeto de Revitalização da Cobertura Vegetal em Irauçuba. O projeto vai recuperar as matas ciliares, vegetação e os recursos hídricos de Irauçuba.

A gerente da Diretoria Florestal da Semace, Flávia Vasconcelos, juntamente com técnico florestal Leonardo Ferreira, foram responsáveis pela apresentação do projeto para o público presente no evento, em Irauçuba, que contou ainda com a organização da assessora técnica, também do órgão, Virgínia Carvalho.

Buscando minimizar os impactos ambientais na região, especificamente do açude Jerimum e do rio Caxitoré, o projeto prevê entre suas principais ações a implantação de um viveiro florestal de mudas nativas, incentivar o cultivo de essências florestais, viabilizar a recomposição das matas ciliares e fortalecer a recuperação da cobertura vegetal nativa.

Nas comunidades onde serão feitas a recomposição das matas ciliares e o revigoramento das reservas legais, o projeto promoverá 15 palestras, além de seminários e minicursos, para estimular a consciência ambiental, destinado para os agricultores, professores, educadores ambientais e sociedade em geral. Serão realizados ainda cinco dias de campo nas comunidades envolvidas.

Como resultado das ações espera-se consolidar uma nova consciência ambiental, progredir na recuperação das florestas, preservar os recursos hídricos, modificar o quadro econômico da região, através da produção diversificada e mitigar os efeitos da mudanças climáticas.

Saiba mais - O projeto é fruto de uma parceria da Semace com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e a Prefeitura de Irauçuba. O financiamento veio por meio de edital lançado pelo banco, e a escolha de Irauçuba como município pioneiro se deu por conta do processo avançado de desertificação na região. O projeto poderá se estender por outras localidades. (Com informações da Assessoria de Imprensa da Semace).

 

A Caatinga é um bioma totalmente brasileiro e está ameaçada, seriamente pela desertificação. É dever de todos nos lutarmos para combater este processo.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Prefeito Nonatinho assina ordem de serviço para construção de 3 obras e entrega mais 4 casas populares.

                                                Casas do programa Morar Melhor.

                                                2000 pessoas presenciou o evento


 Coral de crianças das escolas municipais se apresentou cantando músicas natalinas.




Em solenidade realizada ontem 20 de dezembro de 2011. O prefeito de Irauçuba Nonatinho entregou a população carente deste município 4 casas populares. Casas estas construídas pelo Morar Melhor, programa instituído pelo governo municipal que tem como meta entregar uma casa todo mês. Iniciado em janeiro de 2011 com as casas entregue ontem, no ano já são 13. Os recursos do programa são provenientes de recursos próprios do município.

Desde o início da primeira gestão do prefeito Nonatinho em 2005 até hoje, 304 famílias irauçubenses já foram contempladas com casas populares, para o prefeito é obrigação de um gestor procurar melhorar a vida das pessoas mais necessitadas." Quando assumi a gestão vi a necessidade das pessoas, aqui famílias pagavam aluguel sem ter condições financeiras e viviam à mendigar nas portas dos políticos para pagar o aluguel todos os meses. Nas localidades de Irauçuba irmãos moravam em casas de taipa indignamente. Procurei auxílio junto ao governo federal, estadual e até com recursos próprios construímos 304 residências aqui." disse o  prefeito.

No evento estiveram presentes secretários, vereadores e uma multidão aproximada de 2000 pessoas. A secretária de Inclusão e Promoção Social Geraldina Lopes Braga se pronunciou dizendo" da alegria de participar da entrega de mais casas para os mais pobres. "Antes da gestão de Nonatinho o compromisso dos ex-gestores era nenhum. Lembro-me de 31 casas financiadas com recursos da Caixa Econômica no bairro do Açude. Estas casas há 3 anos encontravam-se abandonadas semi- construídas por causa de serviço mal-executados. No ano de 2005 quando iniciou-se a gestão de Nonatinho ele procurou incansavelmente regularizar o convênio e entregou-as  6 meses depois do início de seu primeiro mandato" disse Geraldina.

IRAUÇUBA É BENEFICIADA COM NOVAS OBRAS.

Ontem ainda durante a cerimônia de entrega de casas populares, o prefeito Nonatinho autorizou o início de 3 obras na cidade.

1º - Construção do Centro do Idoso um antigo sonho acalentado pelo gestor. Desde 2005 a prefeitura mantém um grupo de Idosos onde procura  dar mais dignidade à terceira idade. Profissional de enfermagem, Educador Físico cuidam da saúde do Idoso. A obra orçada em R$ 503.616,86 com recursos adquiridos junto ao Ministério do Desenvolvimento Social(MDS).


2º -  Construção de um Centro de Educação Infantil no bairro da Sagrado Coração de Jesus. O valor da Obra está orçada em R$ 139.585,97, pais e crianças serão beneficiados com a construção da escola, pois o deslocamento para unidades de ensino infantil ficavam distantes do bairro.


3º - Construção de 530 metros de esgotamento sanitário na rua Isaac Vasconcelos, no bairro do Cruzeiro, sonho de longas datas dos moradores daquele bairro. A obra orçada em  R$ 147. 358,69. Esta obra será realizada totalmente com verbas do município.

4º - Ainda na solenidade o prefeito anunciou que a prefeitura adquiriu um terreno de 3.243,24 metros quadrados, no bairro do Cruzeiro, o valor do terreno foi R$ 50.000,00 .No terreno comprado será construído um ginásio de esportes e uma praça.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

No Pará, bebê nasce com duas cabeças.


O bebê de duas cabeças que nasceu na madrugada de ontem (19), no município de Anajás, no Marajó, chegou a Belém no início da tarde de hoje (20) e está sob os cuidados de pediatras da UTI Neonatal da Santa casa de Misericórdia do Pará. A mãe e filho passam bem e conseguem se alimentar normalmente. Às 17h, médicos da Santa Casa falam à imprensa, em uma coletiva, sobre a situação do bebê e de suas chances de sobrevivência.
Segundo o médico obstetra José Brasil, que fez o parto, a mãe da criança fez o pré-natal, mas não se submeteu a exames de ultrassonografia durante a gestação. Ela tem 23 anos e mora no interior do Baixo Anajás, localidade do Timbó.
Mãe de três filhos, ela chegou ao Hospital Municipal no início da noite de anteontem e, após alguns procedimentos, optou pela cirurgia de cesariana. “Caso não fosse feito este procedimento certamente a criança nasceria morta”, afirma o médico.
Em conversa com o Diário, José Brasil informou que as duas cabeças da criança são unidas pelo tronco. Os primeiros exames revelaram que a criança tem um só coração e os órgãos vitais funcionando em plenas condições. “É impressionante o apetite do menino”, declarou o médico.
SEGUNDO CASO
Nesse ano, esse é o segundo caso registrado no Brasil. O primeiro aconteceu na zona rural de Ingá, em um sitio da Serra Verde, em Campina, na Paraíba. Uma mulher de 27 anos deu à luz uma criança com duas cabeças. O bebê, contudo, morreu horas depois do parto por falta de oxigênio em uma das cabeças. (DOL, com informações do Diário do Pará)

Inadimplência da prefeitura de Itapajé impedem a criação de centenas de empregos em Iratinga


Em entrevista ao departamento de jornalismo da rádio Atitude, nesta segunda-feira, dia 19, o deputado federal José Airton Cirilo (PT) informou que o município de Itapajé perdeu recursos da ordem de R$ 1 milhão junto ao Ministério da Integração Nacional. O recurso financeiro era fruto de emenda do parlamentar e deveria ser utilizado na construção de um galpão industrial no distrito de Iratinga com objetivo abrigar a ampliação da produção de uma fábrica de calçados instalada no município. A emenda parlamentar, empenhada ainda no ano de 2010, foi cancelada em 27 de julho deste ano por inadimplência da prefeitura municipal de Itapajé. Com isso centenas de empregos deixaram de ser criados no carente distrito de Iratinga. José Airton disse que em 2012 tentará novamente empenhar os recursos para construção do galpão. 

FONTE: BLOG DO MARDEM

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Projeto leva para Missi presentes para mil crianças.

Pelo terceiro ano seguido, um projeto social leva o Natal para dentro do distrito do Missi, em Irauçuba




O distrito do Missi fica encravado a 15 km da sede de Irauçuba. Por lá o tempo corre (ou anda, melhor dizendo) diferente. Todo dia parece domingo. Com acesso difícil, quase não há carros. O comércio é tímido. A população não passa dos seis mil habitantes. A carência é grande. Inclusive de sonhos. Mas desde 2009 que eles aparecem pelos menos no Natal.


Uma afilhada da terra resolveu que Papai Noel existe. E que ele poderia passar pelo distrito com a ajuda de doações, boa vontade e muito trabalho de gente que tira o final do ano para pensar no outro. “Cada pessoa pode doar um pouco de tempo, de presente ou de dinheiro para fazer crianças carentes felizes. No Missi, o Natal passava em branco, sem nem uma luz nas árvores”, lembra Renata Cidrão, idealizadora do Natal Feliz do Missi.

O projeto começou miúdo, com uma minguada distribuição de presentes na praça principal. Renata aproveitava as idas com o pai, Walmar Braga, criado por lá, para fazer da visita um tempo de solidariedade. “Começou em 2009. Foi uma loucura. O Papai Noel foi improvisado, veio numa carroça, com um saco pequeno”, conta a diretora do Natal Feliz do Misso, rindo da confusão que foi dar conta de tanta criança. “Apareceu gente de todo canto. Não foi suficiente. Era a deixa para aumentar”, diz.
Em 2010 o Natal foi para o clube da cidade. Teve meta de arrecadação, distribuição por faixa estária, Papai Noel contratado e lanche para quase 800 crianças. Este ano, a ousadia foi ainda maior. Mil meninos e meninas foram cadastrados previamente, preencheram ficha dizendo o que queriam e contaram com uma estrutura de recreação, com brinquedos e brincadeiras. “Foi lindo. De emocionar”, recorda Renata Cidrão, que arrastou duas amigas para ajudar na organização. “Elas voltaram de lá bestas”, garante.

Fonte: Jornal O POVO.

domingo, 18 de dezembro de 2011

Um em cada cinco cearenses vivem na extrema pobreza.

Dados do Censo 2010 do IBGE nos mostra que  1.592.924 cearenses vivem em condições de extrema pobreza. O governo Federal considera família que se enquadra neste perfil  quem vive com menos de  70 reais  por mês ou cerca de 2 reais por dia.

A dívida social que o estado acumulou as longo dos séculos com os mais pobres é  imensa. Sabemos que políticas equivocadas que jogaram populações rurais para os centros urbanos, sem escolas, casas, e transportes públicos fez com que estes dados que tanto nos envergonham cresçam. Hoje predomina  as drogas, assassinatos nas periferias das cidades. Na capital famílias se instalam debaixo de viadutos a conviver crianças e adultos com ratos. Fazendo lembrar Manuel Bandeira " eu vi o bicho na imundície do lixo a disputar alimento, não era cachorro, não era um gato, meu Deus! o  bicho era  um homem".

As políticas estaduais de combate à pobreza são inexistentes, constroem-se aquarios de 300 milhões de reais, centro de convenções de 500 milhões, mais a pobreza no interior vive com  a ajuda que o governo Federal dá: o Bolsa Família.

Nas prefeituras do interior geralmente prevale à corrupção generalizada, vide a prisão das quadrilhas instaladas na Prefeitura de Senador Pompeu e agora Pacajús. Gestores que recebem a missão de governar os municípios e fazer o bem à comunidade locupletam-se com o dinheiro público. Num verdadeiro câncer. Informa ainda o Promotor Luiz Alcântara da PROCAP, que  cerca de 80 prefeituras do Ceará estariam envolvidas com desvio de dinheiro público. E que logo mais corruptos envolvidos nos esquemas fraudulentos de verba pública estariam pagando pelos crimes cometidos.

Minha esperança é que já no próximo Censo, que será realizado em 2020, os números de pobreza absoluta, fossem reduzidos à zero no estado. Pelo visto será apenas um sonho!




sábado, 17 de dezembro de 2011

Dengue: 61 pessoas já morreram da doença no Ceará em 2011.

          Aedes Aegypti mosquito transmissor da dengue 


Locais de maiores riscos de focos do mosquito nas cidades: sucatas e depósitos de reciclagem, a Vigilância Sanitária do seu município deve esta atenta.

A Secretaria de Saúde confirmou ontem, que mais uma pessoa morreu da dengue no estado. Com caso que ocorreu ontem na cidade de Maranguape, eleva para 61ª pessoas que morreram vítimas da doença no ano de 2011. A Secretaria estadual informa que no Ceará 55529 casos da doença foram confirmados no ano. O atual boletim confirma 522 casos da doença a   mais do que o divulgado na semana passada.

A dengue é uma doença traiçoeira que tem vitimado muitos cearenses. É necessário que gestores e população fiquem atentos, pois todos nos corremos riscos de sermos infectados pelo vírus transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti. Campanhas de esclarecimento à  população sobre a transmissão da doença deve ser feito diuturnamente. Limpeza de terrenos baldios,  interdição de sucatas clandestinas e locais de compra de material de reciclagem.

Janeiro já se aproxima, neste mês começa o período chuvoso no estado. O  aumento de casos da doença durante a quadra invernosa é real. Gestores Públicos devem agir com rigor onde for necessário. Nas cidades é grande a proliferação de depósitos de material para reciclagem, este material jogado no meio de muros sem telhado representa sérios riscos à população. Reciclagem de lixo é importante para preservação ambiental, desde que feito de forma adequada, e que não fique à exposição do tempo formando verdadeiros focos de transmisão do Aedes.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Irauçuba: R$ 437.302,37 empenhados para compra de Ônibus Escolar.

O Senador José Pimentel (PT) anunciou nesta sexta-feira que será liberado  um total de 18,96 milhões de reais para 34 prefeituras cearenses. Desde total Irauçuba será beneficiada com a quantia de  R$ 437.302,37. Para receber estes recursos os prefeitos das cidades beneficiadas terão que cumprir exigências feitas pelo MEC tais como : Assinatura de convênios ou termo de compromisso. Informa ainda o Senador Pimentel que as prefeituras para agilizar a compra poderão utilizar a ata de registros de preços do  Pregão eletrônico realizado  pelo MEC.Com este recurso que será liberado para compra de ônibus a  frota de transporte escolar da Prefeitura de Irauçuba aumentará ainda mais, já que na atual gestão já foram  adquiridos 8 ônibus novos, através do projeto Caminho da Escola e de convênios do governo  estadual. Com mais este benefício a classe estudantil de Irauçuba passará a ter mais conforto quando do trajeto escola - Casa.

A Educação de Irauçuba passa por uma fase de progresso, neste ano a cidade conquistou o prêmio escola nota 10, do governo do estado. A escola mais bem avaliada no Spaece do Ceará. A inauguração da Creche  do Pro-infância no bairro do Cruzeiro. Esta nova escola conta com 10 salas de aula, e todo o equipamento necessário para o funcionamento da mesma. Escolas municipais passaram por reforma e ampliação, novas salas de aula, Núcleos digitais.O ano termina com muita ação, e dedicação das pessoas que estão à frente da gestão municipal.

Acompanhe aqui as cidades que receberão recursos para compra de transporte escolar.

Município
Valor empenhado (R$)
Alcântaras
437.302,80
Barbalha
621.442,80
Baturité
621.442,80
Camocim
1.058.745,60
Fortim
437.302,80
General Sampaio
224.571,60
Iracema
224.571,60
Irauçuba
437.302,80
Itarema
1.058.745,60
Jaguaruana
437.302,80
Madalena
437.302,80
Meruoca
437.302,80
Miraíma
224.571,60
Morrinhos
437.302,80
Paracuru
437.302,80
Pentecoste
621.442,80
Salitre
621.442,80
Uruburetama
224.571,60
Aiuaba
441.720,00
Amontada
1.081.400,00
Choró
639.680,00
Coreaú
453.680,00
Ipu
639.680,00
Milha
639.680,00
Moraújo
441.720,00
Mucambo
441.720,00
Novo Oriente
639.680,00
Paraipaba
639.680,00
Paramoti
453.680,00
Pedra Branca
1.081.400,00
Reriutaba
453.680,00
Santana do Acaraú
639.680,00
Senador Pompeu
639.680,00
Tururu
639.680,00


Operação prende o prefeito de Pacajus e seus assessores.

 Belo trabalho este realizado pela PROCAP ( Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública). Um trabalho deste nos mostra que no Brasil ainda existe pessoas que dignificam a missão pública. Que sirva de exemplo para que mais pessoas eleitas para gerenciar as finanças públicas não montem verdadeiras quadrilhas para subtrair  o dinheiro público.


Investigações do Ministério Público apontam que o desvio de verbas da Prefeitura chega a R$ 9,3 milhões
Prefeito de Pacajús Pedro Philomeno Gomes (PSDB) camisa branca chega na divisão de homicídios.
documentos apreendidos na operação.

Uma megaoperação que mobilizou a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual (MPE) desarticulou, na manhã de ontem, mais um esquema de fraudes contra o dinheiro público. Desta vez, o ´alvo´ das autoridades da Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Publica (Procap) foi o Município de Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza (a 49Km da Capital). O valor do golpe pode atingir R$ 9,3 milhões.

Dez pessoas foram presas, entre elas, o prefeito do Município, Pedro José Philomeno Gomes Figueiredo; a filha dele, o genro, o presidente da Câmara dos Vereadores, vários secretários municipais e outros gestores suspeitos. Outros dois gestores (secretários municipais) foram afastados do cargo por ordem da Justiça.

Buscas

Além de cumpridos dez dos 11 mandados de prisão preventiva, expedidos pelo desembargador Darival Beserra Primo, do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), foram confiscados dinheiro, armas de fogo e um veículo, além de farta documentação, com base em mandados de busca e apreensão.

Quarenta inspetores e 11 delegados de várias unidades da Polícia Civil estiveram mobilizados. A base da operação foi a sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Avenida Aguanambi, no bairro de Fátima, para onde foram encaminhados os documentos.

Os detidos foram levados, a princípio, para a Delegacia de Capturas e Polinter (Decap) e, horas depois, encaminhados à DHPP para prestar depoimento aos promotores de Justiça.

Além do prefeito Pedro José Philomeno Gomes Figueiredo (PSDB), também foram capturadas durante a operação as seguintes pessoas; Luciana Pereira Figueiredo (filha do prefeito), Jorge Clementino Diego (genro), Érica Leandro de Alencar (procuradora do Município), Antônio Héder Holanda da Silva (secretário de Finanças), Neudeci Honorato Erculano (esposa de Héder), Valmir de Sousa Falcão (secretário e chefe do Departamento de Trânsito/Demutran), Francisco Carlos Alves Martins, vereador e presidente da Câmara Municipal de Pacajus; Jocélio Bezerra (vereador), e Vitório Andson de Sousa Lima (contador da Câmara Municipal).

Fugiu

Já a chefe da Comissão de Licitação da Prefeitura, Anercília Maria de Sousa, não foi encontrada durante as diligências, mas deverá se apresentar hoje à Polícia Civil ou diretamente na Procap.

Em entrevista por telefone, no começo da noite passada, o delegado-geral da Polícia Civil, Luiz Carlos Dantas, informou que, tão logo recebeu ofício do Tribunal de Justiça do Estado sobre a decretação das prisões e a expedição dos mandados de busca, o secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Francisco José Bezerra, determinou que fosse montada a operação.

Eram 5 horas, quando os policiais iniciaram as diligências depois de uma reunião realizada às 4 horas na sede da DHPP. "Para cada ´alvo´ (pessoa a ser presa) foi destacada uma equipe sob o comando de um delegado", explicou Luiz Dantas. Os dez presos permanecem na carceragem da ´Capturas.

FIQUE POR DENTRO
Cadeia

Atendendo a um pedido do Ministério Público Estadual, por meio da sua Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, decretou a prisão preventiva de 11 pessoas que teriam envolvimento direto no esquema criminoso para o desvio de dinheiro público. Os acusados seriam autores de diversos delitos e, com as verbas destinadas a melhorias no Município, enriqueceram de forma ilícita. A prisão preventiva visa impedir que os acusados fujam, façam sumir provas e, ainda, ameacem testemunhas

Buscas

45 mil reais foram encontrados pela Polícia na residência do prefeito de Pacajus. O dinheiro, documentos e outros objetos foram confiscados pela Justiça

CONFISCO
Dinheiro e arma na fazenda do gestor

Desvio de verbas públicas, ´lavagem´ de dinheiro, fraude em processos licitatórios, enriquecimento ilícito, posse ilegal de armas e até formação de quadrilha. Estes são os crimes atribuídos às 11 pessoas que tiveram a prisão decretada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará nas investigações que têm como alvo a administração pública do Município de Pacajus.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, na manhã de ontem, a Polícia Civil fez uma devassa no sítio do prefeito Pedro José Philomeno Gomes Figueiredo. Uma quantia de R$ 45 mil reais em espécie foi encontrada, além de uma caminhoneta modelo Hilux SW4.

Flagrante

Além disso, um rifle de calibre 38, com o registro vencido, foi localizado no imóvel. Diante do fato, o prefeito acabou sendo autuado em flagrante por posse ilegal de arma pelo delegado Pedro Viana, titular da Delegacia de Narcóticos (Denarc) e um dos chefes da operação.

Já a caminhonete Hilux havia sido alugada por contrato em nome do Município, mas estava dentro da propriedade particular do gestor e servia à sua família, segundo fontes do Ministério Público.

O prefeito e sua filha receberam voz de prisão em sua residência e não ofereceram resistência. Em seguida, os delegados e inspetores iniciaram uma busca minuciosa no imóvel à cata de provas dos delitos que estão sendo investigados pelo Ministério Público Estadual através de sua Procuradoria de Combate aos Crimes Contra a Administração Pública (Procap). O mesmo aconteceu nas residências dos demais ´alvos´, segundo informou o delegado geral Luiz Carlos Dantas em entrevista exclusiva ao Diário do Nordeste.

Por volta do meio-dia, a operação policial foi encerrada com todos os dez presos já recolhidos na Delegacia de Capturas e Polinter. Vários advogados e familiares dos detidos compareceram àquela Especializada.

No começo da tarde, os acusados passaram a ser levados, em pequenos grupos, até a sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para serem interrogados sobre os golpes citados em vasta documentação do Ministério Público.

Milhões

O Diário teve acesso exclusivo, ontem, aos documentos elaborados na investigação do MP que apontam desvio de R$ 9,3 milhões dos cofres públicos pelo esquema criminoso do qual o prefeito de Pacajus é apontado como o ´cabeça´, juntamente com seus assessores e familiares. As investigações remontam a outubro de 2008 e envolvem´ o mesmo conjunto de fraudes que tinha como ´fachada´ várias empresas montadas pelos acusados para escamotear o desvio do dinheiro público.

No dia 4 de maio último, o chefe da Procap, procurador de Justiça Benon Linhares Neto, encaminhou ao TJCE o pedido de prisão para, pelo menos, pessoas acusadas de integrarem a organização criminosa. "Todos, sem exceção, figuram como beneficiários direto de recursos públicos desviados das contas do Município de Pacajus, o que fazem de maneira sistemática e com a anuência do prefeito municipal", relatou Linhares.

QUEM FOI PRESO

Pedro José Philomeno Gomes Figueiredo (prefeito de Pacajus e apontado como principal integrante do esquema fraudulento de licitações)
Luciana Pereira Figueiredo (filha do prefeito municipal, beneficiada com o dinheiro desviado da Prefeitura)
Jorge Clementino Diego (genro do prefeito de Pacajus e que teria usado sua conta no esquema criminoso)
Érica Leandro de Alencar (procuradora do Município)
Antônio Héder Holanda da Silva (secretário de Finanças)
Neudeci Honorato Erculano (esposa do secretário de Finanças)
Valmir Sousa Falcão (secretário de transporte e Demutran)
Francisco Carlos Alves Martins (presidente da Câmara)
Jocélio Bezerra Almeida (vereador do Município)
Vitório Andson de Sousa (contador da Câmara de Vereadores)
Anercília Maria de Sousa (chefe da Licitação), está foragida, mas deverá se apresentar à Polícia Civil ou ao Ministério Público ainda hoje.

Fonte: Diário do Nordeste.